SDs da Coelha

Você baixinho, gordinho e de olho grande!

Um pouco mais sobre Japoneses

em 20/04/2010

Meros detalhes:
O que torna o mangá tão próprio dos japoneses é a obrigatoriedade em mostrar costumes, expressões, gestos, conhecimentos, e até a noção de hierarquia em diversas situações. O japonês é muito expressivo, e ao mesmo tempo, muito reservado. Ele costuma não omitir o que sente ou pensa, mas nem sempre dá brecha para discussões sobre. São um povo muito transparente, devo acrescentar. O respeito entre eles é cavalar ainda mais quando se trata da sabedoria dos mais velhos. Encenando tempos antigos, o mangá mostra bem os valores das mulheres e dos homens na sociedade, em casa, no trabalho, ou em qualquer atividade, melhor do que nos tempos atuais, como acontece por aqui também.
Os Gestos:
É bom observar que eles raramente conversam apenas com palavras, e usam gestos como abaixar a cabeça ao falar com alguém superior, usar as duas mãos para servir algum alimento para outra pessoa, curvar o corpo de maneira firme ao concordar em fazer algo para alguém, etc. Uma situação que aprendi por conta própria também, é que eles, ao chamarem uma pessoa distante, mantém o cotovelo erguido (como uma asa), e acenam contra o peito. Nós, ocidentais, chamamos alguém apenas erguendo o braço, e acenamos como se jogássemos algo sobre o ombro. Eles acenam como se jogassem algo por baixo do braço, como nossos avós às vezes fazem. Há alguns outros sinais como usar o dedo do meio para pentear a sobrancelha quando alguém falar uma mentira exagerada perto deles, unir polegar e indicador com a mão com a palma virada para cima para simbolizar dinheiro, e a palma para baixo para simbolizar sexo ou as mãos alinhadas como se segurassem uma caixa imaginária movendo-se da direita para a esquerda simbolizando “deixa pra lá”. Existe realmente uma série de maneiras de entender o que eles querem dizer sem ouvir uma palavra da boca deles.
Os alfabetos:
Sabe aquele seu amigo que tatuou alguma palavra em japonês no tríceps, ou aquela amiga que tatuou algo na nuca? Aqueles símbolos, ou ideogramas, são os Kanjis. O alfabeto Kanji é usado para substantivos. Seja “amor”, “liberdade”, “casa”, “fogo”, “chuva”, “pessoa”, “cachorro”, “árvore”, etc, cada um é um kanji diferente. Não sei escrever em japonês com tanta fluência para dizer quando deve ser usado numa frase ou quais são as técnicas para identificar qual é qual, mas sei que são usados para etiquetas, placas, etc. Assim como nós usamos desenhos simplificados (pictogramas) para representar coisas assim.
Você já deve ter visto alguma frase em japonês que usasse uma série de símbolos curvos na horizontal. Esses são os hiragana. O alfabeto Hiragana é o primeiro que as crianças aprendem e é exatamente o equivalente ao nosso alfabeto cursivo.
E o último e mais usado: katakana. É a letra de forma deles.
É bom reforçar que o jáponês não só lê da direita para a esquerda, como se orienta da direita para a esquerda. Os livros são escritos da direita para a esquerda e costumam ter a capa e contra-capa iguais. Começar a ler um mangá pode ser complicado, mas depois de algum tempo, até Turma da Mônica passa a começar pela tirinha no final.
Lembrando que não sou perita em língua japonesa e estou aberta a qualquer correção, ok?

Anúncios

2 respostas para “Um pouco mais sobre Japoneses

  1. Putz… zuado tatuar letras em japonês viu…
    principalmente porque geralmente está errado

    uma vez eu vi escrito “えうてあも” no braçco do cara.

    • Aline Usagi disse:

      Se é um tipo de tatuagem totalmente batido e perigoso para quem não sabe ler em japa, a culpa não é nossa, né não? 😀

      Mas eu me desmaaaancho de rir desses casos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: